Link para baixar Conversando com os Extrat

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Chico Penteado -Conversando com os Reptilianos

Chico Penteado -Conversando com os Reptilianos
DOIS VIDEOS COM SESSÕES DE HIPNOSE-CASSYAH FARIA E CHICO PENTEADO

Para desmistificar o medo infundado que muitos tem da hipnose, tenho o prazer de mostrar alguns videos que fiz com Cassyah...


Vídeo com sessão de hipnose de Cassyah Faria, sessão de hipnose onde manifesto um ser insetóide, semelhante a uma formiga.


Outra sessão de hipnose com Cassyah Faria onde a entidade Shem de Arcturus se manifesta.




Disponibilizado:
  PDF gratuito de Conversando com os Reptilianos, para quem quiser ler.


http://freepdfhosting.com/d7777cc69a.pdf


Conversando com os Extraterrestres de Cassyah Faria e Chico Penteado também disponível aqui para download grátis.


http://freepdfhosting.com/46e0e7d9ca.pdf

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Disponibilizado:
  PDF gratuito de Conversando com os Reptilianos, para quem quiser ler.


http://freepdfhosting.com/d7777cc69a.pdf
Depoimento de Wes


Ocorrido há uns 13 anos
Eu estava dormindo e tive um sonho que alguém estava me perseguindo, eu corria e corria, mas não era o suficiente, tentei a todo custo acordar, consegui abrir os olhos, mas ainda sentia a mesma agonia (se não me engano essa foi minha primeira experiência de paralisia) e isso me deixou apavorado, pois eu não consegui me mexer e ouvia alguns ruídos estranhos, e eu sentia uma presença e nem sei se vi algo como criaturas pequenas, acho que eram duas na porta do meu quarto que estava semiaberta, pois nunca gostei de dormir no escuro.

Fechei os olhos e vi que continuava a mesma coisa e abri novamente os olhos e aquele ruído continuava e o medo também e eu sentia que eles iriam vir até mim, eu tentava acordar ao máximo possível e em algum momento pensei ter conseguido acordar, mas a atmosfera ainda continuava e só o fato de fechar os olhos já trazia tudo de volta, parecia que eu estava preso a aquela sensação.
Enquanto eu me esforçava para acordar eu tive a ideia de cantar algo que me encorajasse, que me inspirasse força e proteção, e foi isso que fiz, comecei a cantar, e aquela sensação apreensiva se foi e assim eu com os olhos abertos nesse momento eu estava acordado e aliviado.
Relato 2
Em dia de sábado pra domingo do ano passado fui dormir na casa do meu primo (que também gosta de ufologia)
Um pouco antes de dormir, no quarto eu sentia uma energia diferente, mas consegui dormir.
Após isso eu acordei e olhei pro meu relógio de pulso e vi que eram 11 horas da manhã e vi que meu primo estava falando sozinho dormindo, prestei atenção nele falando para depois dizer para ele o que ele disse dormindo, e fui dormir novamente.
Quando dormi, em estado de sonho lúcido ou projeção astral, vi entrar no quarto uma pessoa meio que flutuando um vulto acinzentado e foi pra perto do meu primo, tentei observar o máximo possível, mas estava difícil pois eu não conseguia me mexer, somente os olhos, mas não senti medo, talvez por parecer real tinha ainda uma atmosfera de sonho, após ele ir até meu primo eu apaguei, e depois de um tempo eu o vi indo embora, eu mentalmente tentei ver o máximo de detalhes e seguir ele mentalmente, mas a partir da ai não consegui manter a concentração a acabei em um sonho normal, tudo foi tranquilo, não houve medo.
Quando acordei depois do sono a primeira coisa que fiz foi olhar o relógio e vi que eram 9 horas da manhã, fiquei bastante confuso.
Março 2012 – Sonho
Sonhei que eu estava em uma espécie de nave, onde eu estava eu via dois ambientes, o que eu estava tinha o chão verde escuro e o outro ambiente até então aparentemente ao lado sem paredes tinha o chão bege e os dois tinham medidas médias de 5 por 5, isso deu pra reparar bem. 
E no sonho eu percebi que estava sonhando, mas que aquilo não poderia ser um sonho.
Na parte que estava na minha frente tinha uma mesinha e um homem sentado nela, olhei bem e ele tinha uma aura esverdeada, e enquanto eu olhava para ele me veio à lembrança de que eu já havia estado ali naquele lugar.
E perguntei:
Como que eu consegui ficar consciente?
Ele respondeu:
-"Por causa do Espirito Santo".
Depois me foi pedido para que eu fosse para o outro ambiente, aquele que ficaria ao lado, mas foi passado que apesar de parecer estar ao lado, as duas salas estavam distantes e entre elas tinha uma parede.
Como pedido, atravessei a parede invisível e fui para a outra parte que tinha uma mesa e um computador com imagens de estrelas, olhei bem a tela, mas não consegui ler algumas palavras na tela e nem identificar alguma coisa.
Lá tinha uma parte que eu fui que parecia uma varanda que devia ser coberta por um vidro, de onde se vi algumas estrelas, mas a partir desse momento comecei a ter dificuldade de manter a consciência e voltei para onde estava, e vi uma mulher por lá que me parecia bastante familiar, mas não consegui saber se ela era de lá ou se estava de passagem.
Logo tive dificuldade de manter a concentração para não acordar ou ir para algum sonho, mas já estava na hora de acordar.
Quando acordei eu ouvi no rádio que estava ligado em uma estação de noticias, um homem falando algumas palavras que não me lembro, e depois encerrou dizendo: Fraternidade Branca Universal.
Na hora eu tive um insight e lembrei-me do sonho.
E esse sonho me lembrou de um sonho, que durante o sonho percebi que era lúcido e senti algo diferente. 
Eu estava dentro de uma espécie de estabelecimento, e quando eu ia pisar o pé fora eu senti uma sensação estranha e voltei e fui para uma sala que tinha uma mesa de escritório e uma cadeira e a principio não tinha ninguém, mas eu sentia que que tinha alguém ali, forcei minha visão e apareceu uma pessoa com uma energia muito forte, ele estava sentado a minha frente mas não consegui ver o rosto dele e a sensação foi muito parecida com o sonho anterior.
Inicio de 2012:
Em um sonho, digamos, parcialmente lúcido eu estava com meu primo e entramos em uma porta que dava pra um tipo de túnel de plantas até chegar na floresta aonde tinha uma entidade que falava com a gente na nossa cabeça, mas não víamos ela. No começo após passarmos pelo túnel tinha um tipo de escada cheia de vegetação e a voz pediu para que subíssemos a escada.
Chegando lá vimos um lugar enorme com paredes parecidas com mármore com um corredor de uns 50 metros e largura de uns 5 metros e com janelas enormes pra uma paisagem incrível, eu e meu primo ficamos impressionados com o lugar e a paisagem e curiosos com as duas passagens laterais que havia no final do corredor, e a voz disse, -"não precisa ter pressa"..., ficamos mesmo menos agitados a voz disse novamente pra não ter pressa e ir andando devagar por um pequeno período, e vendo aquela paisagem que lembrava uma costa marítima. E o lugar era muito lindo, após mais uns segundos sentimos que tínhamos que voltar e nos vimos na escada descendo e enquanto descíamos eu vi uma chave e guardei, pois na entrada da escada tinha um baú e pensei que depois poderia voltar lá e abrir o baú com a chave, pois quando íamos saindo pelo túnel cheio de vegetação eu vi como se fosse uma pequena ave que me lembrava uma fênix e lembrei que em outra ocasião eu já estive por lá...
Saindo pela porta entramos em outro sonho que eu pensei estar acordado, nesse eu vi que tinha saído pela porta com meu primo, e depois procurando a chave no meu bolso eu não achei ela.

Muitos dos sonhos estranhos e que vejo algo diferente muitas vezes é muito fragmentado, como alguns sonhos com óvnis, sonhos lúcidos e paralisias em que escrevendo alguns dão duas ou três linhas, por serem muito objetivos e sendo alguns muito parecidos. Sei que como bruxo certas coisas são comuns e algumas dessas coisas já são normais pra mim e outras nem tanto algumas vezes ficando difícil saber qual o tipo de entidade são, mas me considero um contatado.


terça-feira, 6 de novembro de 2012

Depoimento de Slovena(pseudônimo)


Oi Chico, tudo bem? Aconteceu algo muito legal comigo há algumas semanas, porém só agora tive coragem de contar.
Eu estava deitada na minha cama, já passava das sete da manhã pois meu marido já havia saído para trabalhar.
 Estava de barriga para cima com a cabeça virada para a janela, a minha filha de quatro patas estava deitada que nem uma rosquinha em cima do meu braço. Eu estava acordada, mas me concentrando pra pegar no sono.
 Então eu ouvi vozes do lado de fora, um homem e uma mulher. Estavam conversando, mas na hora eu não entendi o que diziam, era português mas eu não dei bola porque pensei que era minha sogra e meu cunhado conversando. 
Depois disso a porta da sala abriu, logo em seguida a do meu quarto também. Ouvi passos. Duas pessoas de branco pararam do meu lado, tiraram a gatinha de cima do meu braço. Um deles começou a passar a mão na minha cabeça quando viu que estava acordada.Dormi na hora. Sonhei que estava andando na beira de uma rodovia, de um lado havia uma cidadezinha, do outro uma plantação de soja. 
Olhei pra cima e vi um disco prata, mas era cinza escuro e muito brilhoso. Vc já jogou Mortal Kombat? Nesse jogo tem um personagem chamado Kung Lao que joga o chapéu de lâmina no inimigo. O disco era parecido com esse chapéu. Eu conseguia enxergar o céu nublado através dele, mas aos poucos foi se materializando. Somente as plantas que estavam embaixo dele é que se moviam, e tinha duas luzes pequenas girando. Eu olhei pra ele e sabia que eles estavam me vendo, então pensei: " Quero falar com vcs". 
Saí correndo, entrei na mata e vi que ao longe existia uma clareira, vi pessoas coloridas nessa clareira. Saí correndo em direção a elas que nem uma louca gritando que queria conversar. Elas correram de mim, mas vieram duas pessoas de branco, seus pés não encostavam no chão. Uma delas colocou o braço atrás da minhas costas e disse: " Oi quanto tempo... Desculpa por não termos vindo antes. Seu cabelo está diferente. Venha conosco." Ela disse mais coisa mas eu não lembro. 
Não sei como, mas cheguei a um lugar muito bonito, todas as casinhas iguais, jardins coloridos. Entrei numa dessas casas. Estava sentada de frente pra eles. Um rapaz e uma moça vestidos de branco, eles não tinham uma beleza surpreendente, eram absolutamente normais. A moça falava, ou melhor, pensava sem parar e o rapaz não tirava os olhos de mim, eu olhei pra ele e senti algo estranho, eu estava momentaneamente apaixonada por ele, como se eu o conhecesse de anos. Então olhei pra moça e disse: -"Eu sei que vcs não são assim, por favor deixa eu ver como realmente são". 
Então aquela aparência humana foi ficando transparente, mas eles foram com calma pois não sabiam qual seria a minha reação, e não queriam me assustar. Ele era um etê clássico( um grey), mas era um pouco mais alto que eu, pois apesar de estarmos sentados, seu troco e suas pernas eram maiores que os meus. Ele era laranja avermelhado, e tinha algo em volta dele, como se fosse uma aura, toda laranja. Lembro claramente dos seus três dedos longos com ventosas na ponta. 
Então eu disse a ele que ele era parecido com os bonitinhos que eu tinha visto outra vez. Quanto olhei pra ela, morri de medo. Não estava preparada. Ela era toda preta brilhosa, tinha o rosto meio quadrado, olhinhos redondos e pequenos, tão escuro quanto a pele e a boca era parecida com a de uma formiga, tinha aqueles dois ganchinhos de lado, que as formigas usam pra cortar e empurrar a comida pra dentro. Pedi na hora que usassem a forma humana novamente.
 Meu pedido foi atendido. Ela se retirou. O ambiente que eu estava parecia uma sala de casa de vó, sofás antigos, toalhinhas de crochê. Mas não tinha janelas. Eu sabia que aquele ambiente era uma ilusão. Fiquei sozinha com ele. Apesar de estar humano novamente, ele ainda emanava aquele brilho laranja. Me senti atraída por ele novamente. Ele tentou me colocar no sofá, eu relutei, pois senti o que aconteceria, e comecei a pensar: -"Eu não quero ser estuprada, isso não é certo, por favor não faça isso". 
Ele percebeu o meu pânico, me abraçou, se deitou ao me lado e disse: -"Calma, calma, faremos do jeito humano então". Ele começou a beijar meu pescoço e a me abraçar mais forte. Eu fui dopada nesse momento. Sei que fui dopada pois já fiz endoscopia e foi a mesma sensação. Acordei e vi que a minha gatinha estava exatamente do mesmo jeito, mas o estranho é que ela é muito ativa, sempre me acorda antes das nove. Quando olhei pro relógio, já era dez e meia. 
Eu achei incrível essa experiência, pois no começo eu estava acordada. Poucos dias antes disso acontecer, meu marido me disse que sonhou com os pequenos, eles o abduziram, fizeram exames e muitas perguntas. Eu disse brincando que, se fosse pra me levar, era melhor ser de dia, pois seria menos assustador. E aconteceu. Me senti muito bem e segura com eles, como se fossem amigos de longa data. 
  • Chico, vc que tem um conhecimento enorme sobre esse assunto, o que significa a aura de cor laranja? Eu pesquisei na internet mas cada site tem um significado...
    Valeu a atenção.

    sexta-feira, 2 de novembro de 2012

    Depoimento de Nina, o museu dos etês:


    Gostaria de mandar um relato de um sonho que tive faz um tempo, e embora não lembre com detalhes, até hoje me pergunto se isso foi realmente um contato com etês ou simplesmente algo da minha imaginação. Vou narrar tudo que lembro, embora esteja muito embaçado na minha mente.

    O sonho começa, pelo que recordo, num lugar que parecia ser um canteiro de obras. 

    Várias "criaturas" estavam ao meu redor, fazendo uma semi-círculo na minha frente. Eles tinham aparência exatamente como humanos; estavam todos de branco com uma capa que lhes cobria todo o corpo, e um capuz que lhe cobria também a cabeça e o rosto. Não contei, mas pareciam haver uns seis ou sete. Eles ficaram parados, como a esperar minha permissão. Eu dizia mentalmente que se fossem do mal ou possuíam intenções malévolas que eu não permitia que fizessem nada comigo e me deixassem em paz.

    Depois o que aconteceu em seguida não me lembro, mas me recordo de ficar com bastante medo. Eles não me inspiravam confiança...

    O sonho pula para uma parte onde começo a subir uma escada feita ainda de tijolos- nesse mesmo lugar de obras- como se estivesse querendo subir o mais alto possível. 

    Me esqueço da parte seguinte também, e a minha memória pula para a parte onde eu aparentemente estou dentro da nave deles. Me lembro de ter de abaixar a cabeça para poder atravessar uma portal na parede que parecia ser feito de aço ou qualquer outro material do tipo. Eu falava uma coisa que não me recordo. Eles se dispersaram e apenas dois ou três me acompanhavam. Essa parte da nave é a parte que menos me lembro. 
    Depois já estou fora dela. Me vi, andando em pequenas vielas. O chão parecia ser de paralelepípedos e o lugar me faz na mente semelhança com as cidades europeias do século XVIII. Estava sozinha. 

    Fui seguindo uma rua, onde não havia ninguém. Ela terminava numa pequena subida onde havia uma pequena casa, exatamente semelhante à época e lugar que disse antes. Quando entrei, vi que uma das 'criaturas' agora sem capa, era loiro e muito bonito. Me lembro de ter sentido um relativo interesse, mesmo dada a circunstância amedrontadora. 

    Ele me ofereceu uma toalha para que tomasse banho. Disse mentalmente, que depois que o fizesse seria servida para mim uma refeição. Pediu que descansasse. 

    Notei que na sala desse casebre, onde estava, haviam dezenas de objetos espalhados. Quadros de pintura, vasos elegantes, estatuetas e todo tipo de coisa parecida.

    O que aconteceu depois não me lembro...Mas acordei com a sensação de que realmente tinha vivido aquilo.
    Me pergunto até hoje o que esse sonho foi realmente. Porque esses etês teriam me levado a um lugar do passado? Porque tinham todas aquelas coisas na sala? O que eles queriam de fato? Será que eram outros etês disfarçados de nórdicos?

    Tudo é interrogação na minha cabeça. Gostaria de ter a sua opinião Chico.

    Um grande abraço. Paz e Luz!

    RESPOSTA DE CHICO:
    Sim, isso é frequente, os etês tem vários museus com diversas épocas da terra ,não saberia dizer se são "holodecks" como aqueles da Jornada nas Estrelas a Nova Geração, recriações em 3D de uma realidade virtual ou uma realidade física de fato tipo um museu mesmo. abduzidos viram dinossauros e roupas de épocas várias a bordo de naves, bate com a ufologia casuística em si.

    Depoimento de Stella     


    Meu nome é Stella, tenho 24 anos e faz mais ou menos 1 ano a minha primeira experiência. Sempre achei interessante os temas ufológicos, mas o máximo que conhecia sobre isso era sobre os grays e mesmo assim, so sabia que eles existiam e ponto.
    Desde criança tenho uma sensibilidade mais aflorada, via espíritos, conversava, escutava, fazia viagem astral, mas nunca tive nada relacionado com seres de outros planetas.

    Há 1 ano atrás eu estava indo dormir. Me deitei e cai imediatamente em um sono profundo, na verdade eu paguei e fiquei imóvel assim um tempo, como se estivesse no escuro, aos poucos tudo foi ficando muito claro, um branco infinito e deste branco surgiu um ser pequeno de cabeça grande e belos olhos grandes e negros. Ele ficou ali parado na minha frente por algum tempo e eu fiquei ali parada também admirando aqueles olhos. Tudo naquele ser me passava paz, segurança, carinho... Não sei explicar como nem porque, mas assim que eu o olhei nos olhos foram os melhores sentimentos que me dominaram. E eu poderia ficar ali por horas so sentindo aquilo. 

    Depois de uns minutos nos olhando eu senti uma descarga elétrica que percorreu todo meu corpo. Junto com ela veio uma história, uma história inteira em um segundo, através daquela energia. Logo em seguida eu comecei a repetir ela em voz alta, mas não era eu falando, eu sentia que alguém falava por mim. Depois que terminei de falar eu sai do lugar branco e quando abri os olhos estava no meu quarto.
    Fiquei meio assustada por alguns dias e sem entender nada, nem a finalidade daquilo e muito menos se era real. Porque eu sempre imaginei que estes contatos fossem físicos, que meu corpo seria levado para alguma nave e não assim, como se fosse um sonho.

    Fiquei 3 dias sem querer comentar muito sobre a história até mesmo com meu marido, mas como não conseguia esquecer fui atrás de informação. Joguei algumas frases que google e achei a mesma história e uma imagem da raça do extraterreste que eu vi.
    Quando eu vi que a história era a mesma eu gelei e fiquei com muito medo! Era surreal tudo isso. A mensagem que ele me passou foi a seguinte:
    “Nós não fomos sempre assim, já nos parecemos com vocês. Seu planeta vai passar pelo mesmo que nós passamos. Os seus excessos vão condenar a vida. A única forma da nossa espécie sobreviver foi fazendo mutação com insetos que tem mais adaptabilidade ao ambiente hostil que o seu planeta vai enfrentar.” 

    O mais pesado para mim no que ele disse é que ele não deu um alerta, ele apenas falou um fato, como se não tivesse mais tempo, nem mais nada a fazer...
    Depois daquilo nunca mais tive nada, nenhum contato. Apenas venho lendo muito e tentando me informar mais e mais na esperança de ter novas comunicações com eles. E espero que em breve eu possa ter mais coisas para contar.


    quinta-feira, 1 de novembro de 2012

    Foto tirada por Tiziano em NY.(pseudonimo), 2000.
    Foto original (rosto foi omitido para proteção de identidade)

    Nas palavras do próprio: Fala, Chico!
    Então.. esse foto é de uma viagem que fiz 2000 em NY, meu pai que tirou a foto... na época eu  era bem moleque e eu e um amigo ficamos fuçando e ampliando no photoshop pra tentar ver o que era e foi. Na época eu tava lendo Os Semeadores de Vida..rs pena que as máquinas de 12 anos atras eram tinham mto menos resolução..

    Absss!

    Detalhe ampliado do Ufo
    Diálogo Cósmico rede GUBF videos mais recentes.
    Videos correspondentes aos programas da primeira fase da série.http://apps.facebook.com/redegubf/

    http://www.youtube.com/watch?v=j9UhYy1t0Ac

    http://www.youtube.com/watch?v=c1wMQN-msRU

    http://www.youtube.com/watch?v=iexTuW7SByU

    http://www.youtube.com/watch?v=L2iKSTUy5sI

    http://www.youtube.com/watch?v=eTDvPZ1zZQQ

    http://www.youtube.com/watch?v=AfdbFhPCHKw

    http://www.youtube.com/watch?v=JNZHmOkv-0E

    quinta-feira, 11 de outubro de 2012

    Depoimento de Johnny :

    Eu tenho tido alguns sonhos ultimamente em relação aos etes,esse foi o mais legal(digamos assim).

    Numa noite normal eu fui dormir,e não fiz nada fora do normal,então tive um sonho vou direto para o final,porque o começo não tem nada a ver com o que eu vou falar agora. 

    Eu me vi no espaço,vi a terra e perto dela tinha uma grande nave(parece uma nave mãe).

    Alguns segundos depois eu me vi dentro dela,era uma grande sala branca(tudo era branco,luz chão,parede etc..),e tinha várias mesas na sala inteira,e eu estava ao lado de uma delas. 

    Nessas mesas havia vários seres trabalhando,e nem se importaram comigo,e um deles estava me olhando seriamente.

    Não fiquei com medo nem nada do tipo,simplesmente olhei para ele,ele não me disse nada,e à minha frente havia uma mulher nua deitada em uma dessas mesas.

    E eu fui até ela sem nem saber o motivo,quando cheguei perto dela,olhei para o ser novamente,e ele estava me olhando seriamente como se me dissesse algo,tipo "-Faça isso..." 

     Entao eu olhei para a mulher novamente,depois acordei,nao lembro de ter feit algo com ela,ela estava dormindo,e os seres tinham uma aparencia muito estranha,nada parecido com grey,reptiliano,uranianos,pleiadianos...

    Poderia ser um insetoide,mas ele tinha a mesma forma que o humanos,pernas,braços,e uma coisa de me marcou foi que eles usavam um capacete bem grande(parecia ser de vidro) e um roupão branco.

    E eram meio azulados um azul bem fraco,no caso poderia ser um uraniano(que são azuis),mas esses tinham um rosto muito estranho,nao me lembro direito do rosto,so sei que era estranho.

    Espero encontra-los de novo,e estar mais consciente da situação e fazer algumas perguntas para eles.

    PARTE2

    Eu me chamo Johnny,às vezes tenho sonhos com seres extraterrestres,e vou relatar um desses sonhos aqui,esse sonho e o mais recente. 

    Eu me vi em um lugar,nunca tinha visto esse lugar antes,e nesse local tinha varios cientistas,e tinha algo estranho comigo,lá eu me transformava em um reptil humanoide(2 braços,2 pernas,o mesmo do ser humano). 

    E esses cientistas estavam trabalhando em algo para me fazer não me transformar no réptil,e quando eu me transformava,eu perdia a consciência,e só voltava quando eu voltava a ser humano. 

    E eu achei estranho porque eu tive 2 parecidos,eu era esse mesmo réptil,mas se passou em um local diferente do outro. 

    Esse réptil em que eu me transformava era escamoso,verde e forte,é basicamente caracteristica de um reptiliano,e eu no corpo do reptil,não era agressivo como todo mundo pensa que o reptiliano é.

    Minha personalidade e o modo de ser não mudou,então espero ter mais sonhos com eles e com outros seres,talvez um contato mais consciente,para que eu possa ser eu mesmo vivenciando-os.

    quarta-feira, 3 de outubro de 2012

    Depoimento de Camila
    Criatura semelhante à que foi vista por Camila
     (homem do espaço de Solvay 1964)

    Tenho 19 anos, sou natural do Amazônas, Manaus.

     Quando eu tinha seis anos, meu pai foi transferido e toda nossa
     família foi morar em Boa Vista- Roraima, e lá são muitos os casos de aparições de UFOS. 

    Eu sempre fui uma criança apaixonada pelo céu à noite, por sonhar ser Astrônoma um dia,
     ficava durante horas deitada no chão com um lençol olhando as estrelas, eu acordava as vezes com minha Mãe me carregando pra dento de casa por dormir admirando o céu. 

    Esperava toda noite para ver fragmentos de meteoro caírem, via pássaros da noite, aviões, porém, havia uma estrela mais
     brilhante do que as outras que aparecia do nada, ficava mais ou menos meia hora no céu e depois sumia,
     como se tivesse se apagado.

     Foi assim durante anos da minha infância, eu sempre via aquela estrela. Com o tempo
    eu comecei a achar que ela me observava porquê eu passava muito tempo a observando também
    ,então parei de olhar tanto pro céu, e passado um tempo não a vi mais. 

    Todas as férias de janeiro eu e as minhas irmãs íamos pra fazenda dos nossos vizinhos, eu tinha 10 anos era em 2003,
     nós éramos muito amigos deles desde que chegamos em Boa Vista, em uma das vezes que eu e os meus amigos do sítio fomos fazer
    uma trilha pela floresta fechada, eu vi um homem todo vestido com uma roupa que era como um couro brilhante e alvo
     e capacete refletor, parecia um Astronauta, de primeira eu achei que era um daqueles biólogos pesquisadores,  ou um homem procurando colmeias,  mas a reação dele me fez desacreditar nisso, ele se assustou quando percebeu que eu olhei diretamente pra ele, e se escondeu atras das árvores, os meus amigos escutaram o barulho, e fomos todos ver o que era, mas e ele já tinha ido embora.

     Eu sempre fui do tipo de pessoa que se vê alguma coisa fora do comum, prefere ficar calada pra não assustar ninguém, 
    penso que se só eu vi, era apenas para eu saber, então as brincadeiras no sítio me distraíram, mas à noite
    eu mal consegui dormir, ficava encabulada pensando porque só eu o vi e eles não.

    Nos anos posteriores a esse ocorrido, meus vizinhos nos contaram que na estrada pra fazenda eles viram um UFO de forma triangular que girava e flutuava no ar cerca de uns 10 metros da caminhonete que eu sempre ia com as crianças na carroceria, muito perto deles, como se não houvesse gravidade na terra, tinha luzes coloridas e na fazenda mesmo entre as palhas dos coqueiros todos viram o mesmo objeto só que com luzes brancas. Eu não fui esses dois anos consecutivos 2004,2005 no qual eles viram os UFOS, e finalmente em Janeiro de 2006 eu voltei lá.

    Em uma das noites na mesma fazenda, depois da meia noite todos foram dormir, lá pras três da manhã eu acordei
    como se tivessem me acordando chamando meu nome, mas não tinha ninguém lá, eu olhei a hora no celular e pensei ter sido um sonho, mas continuei acordada tentando voltar a dormir, e fui surpreendida por um barulho vindo do galinheiro, e em seguida
    os cachorros latiram, fui a primeira a levantar e olhar lá de cima do segundo andar pela varanda, e ví o astronauta
    que tinha visto na floresta a dois anos atras.

    Fiquei imóvel olhando ele fugir, e com ânsia de vômito por estar em choque.

    E então o dono da fazenda levantou e foi até lá com uma espingarda e voltou dizendo que era uma raposinha que tinha fugido pras pessoas que acordaram também, mas pela reação dele, ele não tinha visto nada fora do comum, então voltei a deitar e fiquei acordada até amanhecer, apavorada esperando pra ver se ele voltava, mas ele não voltou naquela noite.

     Mas naquele mesmo ano, nas férias de Julho, eu andando pela rua da minha casa aquela estrela voltou a aparecer, só que dessa vez ela me seguia, eu andei várias quadras em direção contrária a ela, mas ela tava sempre exatamente em cima da minha cabeça, e pelo brilho ela estava dentro da atmosfera da terra, provavelmente na estratosfera ou mais abaixo, então voltei pra casa, quando eu entrei em casa pelo vidro da janela ei ví o mesmo Astronauta, mas pensei que fosse uma ilusão de ótica e entrei
    pra ver quem era que tava na sala e tinha feito eu me confundir com ele. Mas quando entrei percebi que eu estava sozinha em casa, todo mundo tinha saído, desde lá, tenho visto esse homem por onde eu vou de tempos em tempos, pode ser na cidade, no campo, até se vou pra outras cidades, me sinto sempre observada por ele, porém ainda não tive a oportunidade de saber porque ele me
    acompanha desde criança e o que ele quer de mim.

    Minha Mãe teve uma experiência quando tinha 19 anos de idade, ela morava em Parintis- AM , e em uma madrugada ela acordou e havia uma luz lilás que atravessava o teto e pairava no peito dela, e ela ficou imóvel por alguns minutos, mas não de medo, e sim porque aquela luz a deixava daquele jeito, até que a luz sumiu e ela voltou a se mover, até hoje ela tem uma marca azul no lado direito da testa.

     A Última vez que vi a estrela foi indo pra escola à noite, em julho desse ano (2012), ela me seguiu até lá, e sumiu diante dos meus olhos quando cheguei na quadra da escola. Acredito que essa estrela seja a nave dele, e eu gostaria muito de saber o porque dessa perseguição, se a luz que imobilizou minha Mãe tem algo haver com isso, e posso afirmar que não tenho medo dele, e que queria ter um contato mais próximo com ele, ou eles.

    terça-feira, 18 de setembro de 2012

    terça-feira, 28 de agosto de 2012

    Relato de Dr. Martin:
    .

    Quando criança, com aproximadamente 6 anos, me instigava um sonho que era muito real, mas como nada entendia, ou talvez por algum bloqueio da mente, só voltaria a relembrar alguns anos depois,  anos e basicamente mais intenso ano passado, quando outros sonhos que até então estavam ocultos vieram a tona.

    O sonho basicamente constitui-se do seguinte: Eu , pequeno, saindo do quarto e indo em direção a porta do terraço, uma porta de vidro jateado. Por detras da porta vislumbro um vulto de um homem alto, mas o sonho acaba  por ai, eu nunca abri tal porta.

    Há uns 2 anos atras, deu-me uma vontade insólita de viajar a America Central, assim como do nada, encantava me conhecer as piramides maias, aztecas...fiquei 22 dias por la, finalizando minha viagem em Teotihuacan, quando do alto da piramide do sol, tenho um lampejo, algo como se eu fosse bombardeado com informações, visões, etc..coisas que na hora não poderia explicar. Eu declino e me sento. Um amigo acha que é por causa do esforço da altitude, ja que na capital mexicana a altura é de 2600 mts. 

    Desde aquele dia, muitas coisas começaram a acontecer, principalmente porque mudei quase radicalmente meu estilo de vida. Uma vontade absurda de conhecer construções ufologicas foi crescendo dentro de mim. 
    Nessa epoca comecei a ir numa terapeuta, até porque achava que estava entrando numa fase pós -loucura, e durante uma dessas sessões relatei o tal sonho, a qual ela sugeriu-me um relaxamento.

    Assim fizemos, e instantaneamente, estava num lugar de terra seca, solo vermelho, eu ainda menor, avistando 2 seres a minha frente. Eram altos, seguramente mais de 1,90 m, estavam cobertos por uma tunica azul royal de golas pontiagudas, como a capa do Dracula, possuiam rostos alongados, similares aos dos faraós, mas nao se podia ver as feições, ora que um luz intensa emanava de suas frontes.

    Obviamente que um pavor tomou-me por completo, relutei em ficar ali, exigi que me tirassem dali, mas a terapeuta veio a me acalmar tomou meu braço e disse para perguntar o que eles queriam comigo.

    Através de pensamento escutei a frase: "Voce tem que ajudar as pessoas".

    E foi a unica coisa que ouvi, se bem que foi a unica coisa que perguntei, ja que o medo era maior. Assim voltei do relaxamento.

    Instantaneamente, um outro sonho que a qual nem lembrava mais, invadiu minha mente. Sem sombra de dúvida era da mesma época. Eu assustado atras de minha mãe, enquanto um cômico e carismático Jô Soares caracterizado de astronauta, me convidava a ir para uma nave que estava no céu. Relutei, escondi-me atras de minha mãe. Mas minha mãe permitia dizendo que era o Jô...que eu gostava do Jô, que na época tinha um programa de comédias (1980-1981) e transmitia-me uma confiança. Mas não fui...
    Depois do relaxamento, tive algumas visões, em uma delas estava pegando no sono, em setembro passado, quando a cama começou a balançar, imaginei que fosse um inédito terremoto, mas para minha surpresa, não houve tal tremor, confirmado pela minha esposa na epoca. Quando durmo, tenho um sonho de uma realidade fantastica, estou com meu finado avô, ambos olhando ao horizonte, a qual não vejo nada, apenas posso  descrever eu olhando a mim mesmo e a ele olhando ao léu, e meu avô dizendo que uma catastrofe iria acontecer, que muitos morreriam...

    Depois disso, enquanto dormia, acordei com uma ordem mental de ligar a tv. Como estava no meu quarto, liguei a tv daquele comodo mesmo, e para minha surpresa quando liguei a tv, estava num canal de filmes dublado, a qual nunca assisto, e passava a parte final do filme "Presságio" estrelado por Nicolas Cage.Exatamente na cena que as crianças são levadas por alienigenas a outro planeta.
    Após isso, resolvi me preservar, pois estava deixando eu e minha familia maluca, até porque vários pensamentos se abriam dentro de minha cabeça. Como a origem atual da humanidade, das catastrofes anteriores que ocorreram na Terra, dos povos e animais que aqui ja estiveram, etc..
    Em março deste ano, em mais uma sessão na terapeuta, a mesma me abordou no inicio dizendo qiue possui um grupo voltado para a espiritualidade e energia em meditação, e que durante uma meditação coletiva do grupo, recebeu a mensagem de um ser intra-terrestre que disse que de fato, uma nova catástrofe viria a ceifar muitas vidas, e estranhamente a terapeuta veio indagar-me sobre o que poderia ser.

    Não tenho idéia mais racional do que poderia ser, mas desde que voltei da America Central, sinto um poder absurdamente estranho de que algo irá acontecer até o fim deste ano. Disse a ela um pensamento rápido que minha mente expôs na hora. Imagine algo passando sobre a Terra e como se fosse um leitor de codigo de barras, procura ler a codificação de todos os seres. Alguns serão modificados, alguns destruidos, alguns ignorados. Foi o que pensei, acho ainda que haverá uma grande transformação espiritual...

    A ultima visão que tive foi há uma semana, onde estava sentado no sofá, e um leve tremor me fez pensar novamente em um abalo sismico, como estava conectado a internet, entrei num site online de terremotos e descobri que apenas na oceania estava ocorrendo um, nada tão absurdo. 

    Quando deitei, durante meu sonho, vi que subia umas escadas onde iria assistir um curso, ou palestra, nao sei dizer, momentos depois vejo tudo tremer , corremos as ruas e um terremoto engolia as pessoas, as que eram sobreviventes eram mortas por uma facção militar que dizia de "Hitler" no Brasil, e depois desse breve tumulto, os poucos sobreviventes eram esfaqueados por um grupo de sobreviventes que aparentemente estavam com surtos psicóticos... Bobeira ou não, dois dias depois resolvi entrar num curso de eubiose, e quando chego ao local, vejo que as escadas e as salas eram exatamente as mesmas do sonho...

    sábado, 25 de agosto de 2012

    Chico Penteado em A Liga de 21 de Agosto de 2012

    http://www.youtube.com/watch?v=KDZqOafx06g

    No programa sobre fenômenos inexplicados,
    Chico Penteado é hipnotizado por Renato Oliveira
    e entrevistado por Débora Vilalaba.

    segunda-feira, 20 de agosto de 2012

    Testemunha diz que OVNIs são inter-dimensionais e não extraterrestres
    Um morador de Ontário, no Canadá, diz acreditar que os OVNIs possam ser inter-dimensionais, e não extraterrestres.

    A testemunha relatou ter visto OVNIs entrando em um aparente portal inter-dimensional, no dia 28 de abril de 2012, de acordo com depoimento documentado no banco de dados da Mutual UFO Network (MUFON).

    Ele diz ter observado OVNIs quase toda a noite pelos últimos dois anos. “Esta página de relatórios não possui muito espaço — ela é apropriada para um avistamento e eu queria relatar múltiplos avistamentos, quase todas as noites, pelos últimos dois anos. Onde um moro se tornou uma ‘área quente’ de avistamentos de OVNIs“.

    “Sentamos em nossas cadeiras de jardim, no jardim da frente à noite e observamos o céu, e eles sempre aparecem. Algumas vezes eles ficam parados e emitem uma luz tão forte que nos cega”, disse a testemunha confirmando que outra pessoa também presencia os avistamentos com ele.


    A testemunha alega ver OVNIs que viajam para dentro e para fora da atmosfera da Terra regularmente. “Muitas vezes vemos estes OVNIs saindo da atmosfera terrestre e entrando no espaço. Naquele momento, eles se parecem com satélites cruzando os céu. Este tipo de comportamento é comum, e as vemos isto o tempo todo“.

    Ele também alega ter visto OVNIs de cores diferentes. “As cores que vemos são na maior parte vermelho, azul, verde e branco brilhante“.

    Também relatou a testemunha ter visto OVNI de cor alaranjadas a seguir aviões, inclusive em pela luz do dia. “Duas noites atrás vimos um de cor alaranjada seguindo um avião. Esta manhã foi o primeiro que vimos durante a luz do dia”l

    Então, uma noite, a testemunha viu algo fora do normal. Ele relata ter visto um portal inter-dimensional se abrindo. “Eu testemunhei uma passagem inter-dimensional se abrindo no ar, acima to meu telhado. Até então, nada fora do normal havia ocorrido nesta parte do céu. Por volta das 22h00, quando estava a alguns passos da porta da frente da minha casa, eu comecei a ver um luz brilhante no céu, a qual chamou a minha atenção. O OVNI se tornou muito brilhante, e então, tão rapidamente quanto o tempo que levou para eu notar aquele OVNI, ele diminuiu sua intensidade para uma luz vermelha e se moveu verticalmente no céu. Eu diria que a altitude era de uns 300 metros, talvez menos. À medida que ele se movia vagarosamente, o tom vermelho da luz começou a diminuir. Eu segui este OVNI com meus olhos. Eu fiquei com meus olhos cravados nele. Após aproximadamente 30 a 45 segundos, eu comecei a notar um movimento na esquerda. O movimento pareceu estar reagindo à presença do OVNI que eu estava vendo. Eu pude ver ambas as coisas no meu campo de visão”.

    Então, ele notou uma atividade diferente associada ao céu. “O céu abriu, como um cobertor quando é puxado para trás para você entrar na cama. As estrelas desapareceram do céu noturno no local onde esta abertura apareceu do nada, como uma porta se abrindo. Quando eu olhei para o OVNI entrando neste aparente portal inter-dimensional, ele estava ficando mais e mais apagado à medida que entrava neste buraco escuro“.

    Então, o céu voltou ao normal. “Quando o ele desapareceu de vista, o céu dobrou de volta ao normal e as estrelas nesta área reapareceram. Este foi o avistamento mais exótico que já tive. Tendo avistado este fenômeno, eu firmemente acredito que estes sejam seres inter-dimensionais e não extraterrestres.”

    Nenhuma imagem ou vídeo foram incluídos no relatório enviado à MUFON em 25 de abril de 2012.

    Leia mais: http://ovnihoje.com/2012/08/testemunha-d...z23jThKH00 

    _______________________

    quarta-feira, 15 de agosto de 2012

    Depoimento de um anônimo:  

    Oi Chico, pode me chamar de .... estou lendo seu livro e estou adorando! hoje eu li a parte do Icaro se nao me engano, e vou relatar uma coisa curiosa que aconteceu comigo, mas primeiro vou relatar o "caso" com os greys:

    Tenho tido contato com os greys ha muitos anos, e hoje em dia consigo ver o rosto deles, meio enevoado-transparente,sao bem baixinhos esses, mas antigamente eu nao conseguia ver seus rostos, estou cada vez aceitando mais a visita deles e deixando eles me levarem, mas essa parte de pra onde eles me levam eu nunca me lembro depois, tento sempre conversar com eles, mas eles nunca dizem nada, ficam sempre calados, mas eles me dão as mãos e me levam,ha uns meses atras, senti um empuxo de algo me levando pra cima, e me liberei dizendo mentalmente pra eles me levarem e entrei numa nave, mas como sempre o que aconteceu lá, nao me lembro.

    Outro dia desses tive um reencontro com uma criatura meio animalesca meio humanoide, que poderia ser uma mistura de demonio-boi e coisas desse tipo, era avermelhada-alaranjada-amarronzada pelo que eu podia ver na penumbra, isso tudo eu estava plenamente consciente que meu corpo dormia enquanto eu tinha essa experiencia, pois bem, o ser me falou que ele seria um robot de muitos anos a frente do nosso, e eu disse que nao iria perguntar muita coisa pois eu sabia que ele nao era esse robot e que nao importava, porque eu sentia atração por ele, e fizemos sexo de novo como ha um tempo atras, ele me disse que gostava de fazer sexo do modo oposto que dava prazer aos caras que ele "pegava" que nao foi o nosso caso,mas batemos um breve papo como velhos amigos(doidera,nao?).

    Entao, hoje lendo o relato sobre o Icaro, achei que podia ter alguma coisa a ver com o caso dele pois ele era sodomizado contra vontade, e detalhe, isso aconteceu se nao me engano após uma visita de grays na mesma noite, eu tinha que contar isso, dada a semelhança ao caso do Icaro, mas no meu caso eu sempre sinto prazer com ele, apesar de ter medo dele ser um demonio ,de que pode ser um ser do mal, mas eu me sinto seguro com ele, fico até me sentindo culpado depois...

    Esse é meu relato, agora, se foi só um sonho, era um sonho lucido, essas coisas curiosas que a gente não consegue explicar racionalmente.

    NOTA DE CHICO PENTEADO: São abundantes estes relatos de seres meio humanos meio animais durante eventos de abdução ,seres que lembram os deuses egípcios ,o minotauro grego ou os experimentos biológicos dos annunaki conforme descritos por  Zecharia Sitchin em seu famoso livro o 12o planeta. Parece que estas 'quimeras" de fusão genética humano-boi, humano-cão, etc continuam sendo produzidas para qualquer fim que desconhecemos.Frequentemente tais criaturas apreciam o contato sexual com humanos,coisa que os greys especialmente permitem sob determinadas circunstâncias.

    Vide o caso Ícaro em meu livro "Conversando com os Reptilianos".Em ambos casos aqui relatados a relação sexual foi por via anal e evidentemente não visa o experimento reprodutivo de hibridização na qual os greys são especialistas.

    Penso particularmente que nesse caso o objetivo seria satisfazer sexualmente o ser hibrido humano-touro ou humano-animal como uma espécie de recompensa feita a este, ou talvez para punir ou amedrontar o abduzido que talvez se mostre desobediente.isso não impede que em alguns casos a união sexual seja prazerosa para ambos, como acontece também nas cópulas de humanos com reptilianos, como no caso de Pamela Stonebrooke.